Fôrmas metálicas – utilidade, importância e aplicação

Neste post, vamos falar especialmente das fôrmas metálicas e nos aprofundar em suas características e utilização. Apenas relembrando o que foi dito em um texto anterior, as fôrmas são estruturas provisórias que moldam o concreto fresco na estrutura permanente até essa mesma estrutura se tornar autoportante. Dentre os diferentes tipos, focaremos nas que possuem estrutura metálica e superfície de contato metálica.

Os sistemas de fôrmas metálicas apresentam um grande número de reaproveitamento (mais de 200 utilizações), somados a uma grande modulação de painéis, permitem também uma adequação ideal do sistema de fôrmas ao da estrutura permanente a ser construída. A fôrma metálica proporciona ainda um excelente acabamento da superfície do concreto, minimizando intervenções para a correção de possíveis defeitos no concreto acabado.

Apesar de um custo inicial elevado, a durabilidade (compensado laminado plastificado tem vida útil aproximadamente de 20 usos) e a qualidade proporcionada pela superfície de contato metálica, proporcionam um ganho real no custo final do M3 de concreto lançado, aumentando assim o lucro da obra. O sistema de fôrma metálica é sem dúvida um sistema resistente, de bom acabamento e adequado à realização dos mais diferentes tipos de estruturas, sejam em obras de residências, de infraestrutura ou industriais, contribuindo sempre para a redução de mão de obra de montagem, desmontagem, limpeza e manutenção, diminuindo assim, por consequência, os prazos executivos finais.

Atualmente, aqui no Brasil, muitas obras de grande porte já aderem às fôrmas metálicas. As vantagens, apesar de continuarem existindo, são menores em obras de pequeno porte. Agora que você já sabe essas características, não erre na escolha e tenha ao seu lado a melhor fôrma para o seu projeto.

Compartilhar

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz