Fôrmas – conheça as principais diferenças

Na construção civil, as fôrmas são montadas para moldar o concreto fresco e dar forma aos elementos. Para um maior aproveitamento e eficiência do serviço realizado, é importante escolher a estrutura que melhor atende a sua necessidade. Conheça algumas características dos diferentes tipos de fôrma encontrados no mercado:

Fôrma metálica: com quadros e chapas metálicas, estruturam e dão acabamento à peça. As fôrmas podem ser compradas ou alocadas e é possível sua reutilização em outras obras.

Fôrma metálica compensada: com quadros de aço ou alumínio, também utilizam chapa de madeira compensada ou material sintético para acabamento da peça.

Fôrma plástica: com quadros e chapas em plástico, a fôrma apresenta facilidade de montagem e desmontagem.

Fôrma de madeira: adaptável a qualquer geometria, possui preço mais acessível e número de utilizações menor do que a fôrma metálica.

Fôrmas trepantes: com necessidade de serem transportadas apenas uma vez, o tempo de montagem se torna menor. Indicadas para edifícios com muitos pavimentos.

Para uma melhor escolha, alguns requisitos devem ser levados em conta, como os equipamentos auxiliares, o posicionamento de painéis, o número requerido de utilizações e o tipo de concreto. Não erre na escolha e garanta o sucesso do seu projeto!

Compartilhar