Manuseio correto para uma obra 100% segura.

Captura-de-Tela-2016-06-13-às-12.42.22.pngNa rotina de uma obra acontecem diversas atividades ao mesmo tempo, sempre com o uso de ferramentas. Sem um cuidado específico, acidentes podem surgir a partir de um mal manuseio. Ferramentas manuais nos bolsos dos uniformes é um exemplo de risco para o trabalhador. A ergonomia, estudo da relação entre o homem, seu espaço de trabalho e a forma como o executa para que não haja lesões físicas, deve ser respeitada também. O manuseio é em grande parte manual, afetando diretamente a mão-de-obra no recebimento, manuseio interno e expedição.

 

Algumas dicas merecem ser destacadas quanto a esse ponto:

 

  • O equipamento responsável pela movimentação e transportes de materiais e pessoas deve ser operado por um trabalhador qualificado.
  • O levantamento de cargas que necessite mão de obra humana deve, sempre, respeitar o limite de força de cada trabalhador, não permitindo esforço físico acima do suportado. Em média, a capacidade de carga de um homem adulto é de 40 kg e de uma mulher adulta, 20 kg.
  • Cargas jamais poderão ser transportadas junto com pessoas no elevador de passageiros.
  • Movimentação perto à rede elétrica merece total cuidado.
  • Ferramentas não devem ser carregadas na subida ao andaime.
  • Posicione os materiais manuseados sempre a sua frente.

Contribua respeitando o manuseio correto com as dicas acima para a proteção de seus trabalhadores e clientes. Essa ação também ajudará no ganho da produtividade, tornando sua obra segura e com resultados positivos.

Compartilhar