6 dicas para evitar acidentes na construção civil

TREPANTE - TOCA DO PUMA 09Quando nos acostumamos em desempenhar algumas tarefas, muitas vezes deixamos de observar questões importantes em função da força do hábito. Nesse sentido, a confiança no trabalho gera alguns vícios que podem induzir a algumas desatenções. Na construção civil, por exemplo, existem diversas práticas que prejudicam o trabalho e, eventualmente, acabam causando acidentes.

Com o intuito de ajudar os supervisores a conduzirem as obras de forma saudável e sem surpresas indesejáveis, separamos neste post 6 dicas de como evitar acidentes na construção civil. Confira a seguir!

1. Mantenha a obra organizada

A primeira maneira de evitar acidentes é manter o canteiro de obras organizado. Um ambiente desorganizado é um convite para que diversos acidentes ocorram. Por isso, é muito importante supervisionar os pedreiros e serventes e instruí-los a manter o local de trabalho limpo e organizado. Esta simples dica pode evitar diversos acidentes em uma obra.

2. Fique atento às Normas Regulamentadoras

É fundamental que os engenheiros e supervisores de obra conheçam as Normas Regulamentadoras. As NRs são um conjunto de normas obrigatórias para a medicina e segurança do trabalho. São divididas de acordo com a finalidade, por exemplo: para realizar construção na rede elétrica é necessário conhecer a NR 10, que regulamenta a Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade. Caso seja necessário utilizar maquinário, deve-se conhecer a NR 12, referente à Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos. Cada procedimento deve ser seguido de acordo com sua norma, para assim garantir o andamento com segurança e de maneira correta.

3. Crie uma CIPA da obra

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes que é descrita na NR 5 tem como objetivo prevenir acidentes e doenças decorrentes do trabalho. A CIPA é composta por representantes dos empregados e do empregador, e tem como atribuições: identificar os riscos do processo de trabalho, verificar e inspecionar as condições de trabalho, divulgar informações referentes à segurança e a saúde no trabalho, entre diversas outras atribuições. A CIPA permite melhorias no processo com o propósito de evitar a ocorrência de acidentes e incidentes.

4. Certifique-se da utilização de EPIs pelos trabalhadores

O fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual pela empresa e utilização por parte dos colaboradores é determinado por lei. Nas obras, todos os trabalhadores devem utilizar botina, capacete, luvas, óculos de proteção e protetores auriculares no caso haver muito ruído. Os supervisores de obra e profissionais da segurança do trabalho devem fiscalizar o uso destes EPIs pelos colaboradores. Quando necessário, devem também ser realizadas palestras de conscientização a respeito da correta utilização de cada um dos equipamentos.

5. Capacite e treine os colaboradores

Uma das melhores maneiras de evitar acidentes é instruir e ensinar os funcionários. A melhor forma de capacitá-los é incentivar a participação em cursos técnicos. O SENAI, por exemplo, possui diversos cursos para capacitação, como: técnico em logística, técnico emDSC07581 mecânica, técnico em manutenção e diversos outros. A lista com os cursos pode ser vista no site do SENAI.

A capacitação dos funcionários, além de evitar acidentes, permite melhorar a produtividade da obra, fazendo com que os cursos e treinamentos pagos para os funcionários acabem sendo um investimento para a obra.

6. Realize o Diálogo Diário de Segurança (DDS)

O SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) é composto por uma equipe de profissionais da saúde que trabalha dentro das empresas visando proteger a integridade física dos trabalhadores. O SESMT tem várias formas de conscientizar os colaboradores e estimular a prevenção de acidentes e o surgimento de doenças ocupacionais.

Uma das formas mais eficientes utilizadas por essa equipe é o Diálogo Diário de Segurança (DDS). Realizar o diálogo é uma ótima maneira de trocar experiências entre empregado, empregador e profissionais de saúde, de modo a mapear os riscos e neutralizá-los. O DDS não é encontrado em nenhuma norma regulamentadora ou lei, mas existem várias normas que obrigam o empregador a relatar os riscos do ambiente e mostrar as medidas preventivas, por isso o DDS é tão importante.

Gostou das nossas dicas de como evitar acidentes na construção civil? Curta a página da Rohr no Facebook e fique por dentro de várias outras informações para melhorar a segurança e a o andamento da sua obra.

Compartilhar

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz